Fórumcast, o podcast da Fórum
16 de maio de 2019, 09h37

Ex-diretor de Redação d’O Globo destrói governo Bolsonaro e lança tese de impeachment

"Nem Temer no pior de seus dias foi tão mal", escreve Ascânio Seleme sobre o governo Bolsonaro no artigo, em que afirma ainda que "o caminho para o fracasso não poderia estar mais aberto e desimpedido"

Bolsonaro e Ascânio Seleme, do grupo Globo (Montagem)

Em um duro artigo, intitulado “Um governo que só a derrota interessa”, que foi publicado na edição desta quinta-feira (16) do jornal O Globo – o principal norteador da linha editorial dos veículos do grupo -, o colunista e ex-diretor de Redação do jornal da família Marinho, Ascânio Seleme, destruiu o governo Jair Bolsonaro e lançou a tese do impeachment.

“O perigo do isolamento de Jair Bolsonaro é real. Para quem faz tudo para parecer que somente a derrota interessa, o caminho para o fracasso não poderia estar mais aberto e desimpedido”, afirma nas linhas finais, após listar todas as “indisposições” dos cinco meses de gestão, que fez com que Bolsonaro já esteja “tomando café frio”.

“Dos eventos que tornam difícil o trabalho dos bombeiros de Brasília, o mais impressionante é o tratamento que o governo dá à educação. Primeiro, nomeou um maluco desprovido de bom senso que iniciou sua breve jornada na Esplanada dizendo que brasileiro é um ladrão canibal quando viaja ao exterior. Depois, indicou um sucessor mão de tesoura que anunciou um corte bilionário no orçamento das universidades em nome de um revanchismo cego e tolo. Nem o mais leal bolsonarista consegue entender uma medida como esta, a menos que imagine estar assim nivelando o Brasil ao seu próprio patamar. E ache isso bom”, relatou o jornalista, ressaltando que, enquanto Abraham Weintraub dava “vexame no plenário”, escolas ao redor do país pararam e foram às ruas em protesto contra o governo.

“Nem Temer no pior de seus dias foi tão mal”, descreve o texto, emendando logo depois que os três filhos continuam “azucrinando” o governo e indicando que Flávio Bolsonaro pode ir para a prisão.

“O mais velho, o 01, teve seu sigilo bancário e fiscal quebrados e antes do fim do ano estará experimentando o calor abrasador do inferno, e incendiando o governo. O mimado, o 02, agora está torpedeando os ministros Onyx, Moro e Guedes, porque não suporta nenhuma sombra maior que a sua ao lado do papai. E, finalmente, o 03 disse que o Brasil deveria ter sua bomba atômica para ser levado mais a sério. Quem não pode ser levado a sério é o 03”.

Leia o artigo na íntegra


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum