Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de dezembro de 2019, 11h24

FHC diz que Doria e Huck expressam “moderação do centro progressista” e toma invertidas: “Preto pobre vítima da PM não precisa de moderação”

Ex-presidente tucano foi cobrado do assassinato dos 9 jovens em Paraisópolis pela polícia de João Dória após dizer que "radicalismos aguçam polarizações e não resolvem problemas populares e do país"

Huck e Doria, exemplos de "moderação", segundo FHC (Montagem)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) deu mais uma demonstração de prepotência nesta quarta-feira (4) ao convidar seus seguidores no Twitter para ler no Valor a entrevista concedida pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que, segundo ele, junto com o apresentador da Globo, Luciano Huck, e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), seriam a expressão do “reformismo e da moderação do Centro Progressista”.

“Vale a pena ler a entrevista de ontem do gov E Leite, RGS, no Valor. Ele, Doria e Huck expressam o reformismo e a moderação do Centro Progressista. Radicalismos aguçam polarizações e não resolvem problemas populares e do país”, tuitou FHC.

O convite, no entanto, foi visto como uma provocação pelos seguidores, que deram diversas invertidas no tucano, citando principalmente a ação criminosa da política de João Doria que resultou no assassinato de 9 jovens em Paraisópolis, na zona sul da capital paulista.

“O Centro progressista do Doria que bota polícia pra massacrar jovens na periferia? Bastante moderado”, tuitou Jefferson Tavares.

“Nada de radicalismo. Um exemplo de equilíbrio. Vai ver pro fhc preto pobre vítima da PM não precisa de moderação”, comentou a seguidora Manuela.

“O “reformismo progressista” do Dudu é descer a porrada nos professores em greve. Toma vergonha! Não bastou ajudar a construir essa tragédia?”, comentou Douglas Rafael.

“Doria é um fascista assumido e Huck idem. Toma vergonha”, comentou Emanuella Denora.

Leia mais repercussões

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum