Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de janeiro de 2020, 08h39

Filho recém-formado de general ganha cargo de 11 mil reais como jornalista da EBC

Apesar de ocupar um cargo de comissão, o filho do militar atua como repórter na EBC, o que seria proibido pelas regras da emissora

O general Alcides Valeriano. Foto: Reprodução/Exército Brasileiro

Lucas Farias, apesar de ex-estagiário da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) e recém-formado em jornalismo, foi nomeado para um cargo de assessoria da emissora com salário de cerca de 11 000 reais.

O segredo do sucesso de Lucas é simples. Ele é filho do general Alcides Valeriano de Faria Júnior (foto).

O jornalista que ingressar por meio de concurso público na EBC, portanto sem padrinho militar, vai receber um salário base de 7.000 reais a menos que o Lucas.

Apesar de ocupar um cargo de comissão, o filho do militar atua como repórter na EBC, o que seria proibido pelas regras da emissora.

Um general brasileiro nos EUA

O general de Brigada Alcides Valeriano de Faria Junior foi indicado, no início do governo de Jair Bolsonaro, para ocupar o cargo de subcomandante de interoperabilidade no Comando Sul das Forças Armadas dos Estados Unidos.

Até então, o general brasileiro tinha passagens pelo Centro de Comunicação Social do Exército (CComsex), em Brasília, e comandava a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, de Ponta Grossa.

Esta foi a primeira vez que o Brasil teve um general integrado ao Comando Sul. A notícia surpreendeu diferentes atores da área de política diplomática, como é o caso do ex-ministro da Defesa e das Relações Exteriores, Celso Amorim, também diplomata.

“É uma coisa tão insólita, tão inusitada, que eu não me lembro de nenhuma situação semelhante, a não ser em tempo de guerra”, salientou.

Com informações do Radar, da Veja


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum