Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de fevereiro de 2020, 10h46

“Flávio Bolsonaro nos visitou mais de uma vez”, afirma ex-PM que esteve preso com Adriano da Nóbrega

Ítalo Ciba, que atualmente é vereador do Rio, também recebeu homenagem do filho de Bolsonaro

Foto: YouTube

De acordo com o vereador Ítalo Ciba (Avante-RJ), que também é sargento da Polícia Militar e esteve preso junto com o ex-capitão do Bope, o miliciano Adriano da Nóbrega, o senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ) visitou os dois mais de uma vez na prisão.

Além disso, segundo ele, o ex-capitão do Bope frequentava o gabinete de Flávio a convite de Fabrício Queiroz, ex-chefe da segurança de Flávio.

Ciba integrava o Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 16º BPM (Olaria), comandado por Adriano. Em 4 de novembro de 2003, ele, Adriano e outros seis policiais receberam de Flávio na Assembleia Legislativa uma “moção de louvor”.

Foi logo depois que eles foram presos e começaram a responder um processo criminal por homicídio, tortura e extorsão. Na ocasião, Flávio os visitou na prisão. Questionado sobre as visitas, o senador respondeu, por nota, que esteve apenas uma vez na cadeia, em 2005, para ver Adriano e entregar a medalha Tiradentes — maior honraria concedida pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

“Não há nenhuma relação de Flávio Bolsonaro ou da família com Adriano”, diz a nota.

Ciba diz que conheceu Adriano em 2002 quando foi trabalhar no 16º BPM. “Sei que ele (Adriano) se dava muito bem com o Flávio, devido ao (Fabrício) Queiroz. Queiroz trabalhou com Adriano lá atrás. Eu sei que o Adriano, de vez em quando, o Queiroz chamava pra ir lá no gabinete. Ele (Adriano) ia no gabinete, quando nós estivemos presos o Flávio foi lá visitar a gente. Mais de uma vez”, afirmou.

Com informações do Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum