Flávio Dino manda recado a militares: farda é lealdade à pátria, não a partidos ou facções

Dino ainda sinaliza o perigo da ala militar em apoiar os "delírios autoritários" de Bolsonaro e a insistência dele em acusar fraudes no sistema eleitoral sem apresentar provas

Em artigo na revista Carta Capital neste sábado (6), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), mandou um recado aos militares que se alinham aos desejos autoritários de Jair Bolsonaro (Sem partido).

Leia também: Instituto Vladimir Herzog reage à farra dos marechais e pede impeachment de Bolsonaro

“É fundamental que os militares lembrem que o verde, o azul e o branco do fardamento do Exército, Aeronáutica e Marinha identificam sua lealdade à Pátria, não submissão a partidos ou facções. O verdadeiro antídoto para a corrupção é a transparência e o princípio da legalidade”, escreve.

Dino ainda sinaliza o perigo da ala militar em apoiar os “delírios autoritários” de Bolsonaro e a insistência dele em acusar fraudes no sistema eleitoral sem apresentar provas.

“A melhor vacina para delírios autoritários é o voto popular, sem fraudes de nenhum tipo, inclusive as oriundas de instituições de Estado”, afirma Dino que lembra no artigo “a triste tradição do uso para fins privados dos aparelhos de Estado”.

Notícias relacionadas

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR