No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
22 de maio de 2019, 18h45

Fórum dos Partidos de Oposição procura ampliar unidade das forças democráticas

Lideranças de PSB, PT, PDT, PSL e PCdoB se reuniram em Brasília para definir uma agenda unificada junto aos movimentos sociais e centrais sindicais em defesa da democracia

Foto: Roberto Stuckert

O Fórum dos Partidos de Oposição, que reúne PSB, PT, PDT, PSOL e PCdoB, se reuniu em Brasília, nesta quarta-feira (22), com o objetivo de definir uma agenda única de contatos com movimentos sociais, centrais sindicais e entidades da sociedade civil.

A ideia é intensificar a luta em defesa da democracia, da soberania nacional e dos direitos ameaçados pelo governo de Jair Bolsonaro.

O bloco, que se reúne desde 2018, também deseja construir propostas para superar a profunda crise política, econômica e social por qual passa o Brasil.

“Hoje foi a melhor e mais produtiva reunião do fórum dos partidos de oposição. PT, PSB, PSOL, PDT e PCdoB unidos na leitura do momento político e engajados para discutir saídas para crise brasileira”, declarou Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT.


Encontro com STF

Os presidentes dos cinco partidos decidiram, ainda, pedir um encontro com os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para debater a crise institucional e a defesa do Estado democrático de direito.

A agenda de contatos inclui CNBB, OAB, ABI, Andifes, SBPC, Clube de Engenharia, MST, MTST, UNE e todas as centrais sindicais, entre outras entidades e organizações.

Participaram do encontro desta quarta os presidentes do PSB, Carlos Siqueira; do PT, Gleisi Hoffmann; do PDT, Carlos Lupi; do PSOL, Juliano Medeiros; e o vice-presidente do PCdoB, Walter Sorrentino, além de líderes dos partidos na Câmara e Senado.

Com informações da Agência PT de Notícias


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum