Fundação Cobra Coral diz que foi contratada para afastar chuva na posse de Bolsonaro

Por onde o presidente e a comitiva passavam, o tempo ia abrindo e permaneceu firme”, diz Osmar Santos, presidente da FCCC.

Coluna da jornalista Mônica Bergamo, na edição desta sexta-feira (4) da Folha de S.Paulo, diz que a Fundação Cacique Cobra Coral (FCCC), entidade que se classifica como esotérico-cientifica e controla o clima, afirma ter sido contratada por um admirador do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para afastar as chuvas previstas para a posse.

“Apesar de o dia ter amanhecido chuvoso, começou a melhorar após as 13h e foi abrindo. Por onde o presidente e a comitiva passavam, o tempo ia abrindo e permaneceu firme”, diz Osmar Santos, presidente da FCCC.

Segundo ele, não é a primeira atuação da entidade em Brasília. “Durante a visita de Barack Obama também fomos convocados, e quando o avião presidencial pousou em Brasília, a chuva parou”, diz.

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR