Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de agosto de 2018, 16h35

Gleisi e Haddad vão a Curitiba para definir vice de Lula

Pela lei eleitoral, a chapa precisa ser definida até 5 de agosto, 24 horas depois do prazo final das convenções partidárias

A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e Fernando Haddad, coordenador do programa de governo do partido, viajam a Curitiba neste fim de semana para ouvir o ex-presidente Lula e definir o vice na chapa do partido para a disputa presidencial de 2018. Pela lei eleitoral, a chapa precisa ser definida até 5 de agosto, 24 horas depois do prazo final das convenções partidárias.

Vários nomes são cogitados para ocupar o posto. Caso o escolhido seja o próprio Haddad, seria um indicativo que o ex-prefeito de São Paulo é o favorito para substituir Lula caso o ex-presidente seja impedido de concorrer ao pleito de outubro pelas manobras do Judiciário.

Outra possibilidade é o PT escolher o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, para ser vice de Lula. O intuito seria fortalecer a campanha do partido do Nordeste. No entanto, o tempo joga contra Wagner. Como as candidaturas parlamentares precisam ser oficializadas até 4 de agosto, um dia antes das majoritárias, Wagner poderá optar pelo Senado.

A terceira opção seria a escolha de um nome de fora do PT, para consolidar alianças entre as legendas de esquerda. Nesse caso, a escolhida seria Manuela D’Ávila, do PCdoB. O PT gostaria de adiar a escolha do vice na chapa até 14 de agosto, delegando a escolha ao Diretório Nacional do partido.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum