Gleisi rebate Mourão: Quem comete excessos é parte das Forças Armadas e o presidente

Presidenta nacional do PT rebateu as declarações do vice-presidente, que equiparou a decisão do STF de manter Daniel Silveira preso às ameaças do deputado bolsonarista dirigidos a membros da corte. Para Gleisi, Bolsonaro "estimula os ataques antidemocráticos e de ódio"

Presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PT-PR) rebateu as declarações do vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), que em entrevista à CNN Brasil na manhã desta quinta-feira (18) criticou o “excesso” do Supremo Tribunal Federal (STF) e disse que caso Daniel Silveira gerou “crise desnecessária”.

Notícias relacionadas

“Quem está cometendo excessos faz tempo é esse tipo de gente, inclusive dentro das Forças Armadas, e a começar pelo presidente da República que estimula os ataques antidemocráticos e de ódio. Cabe agora à Câmara dar o exemplo e coibir qualquer ameaça às instituições e à democracia”, afirmou à deputada petista à Fórum.

Primeiro membro do governo a se pronunciar sobre o caso, Mourão equiparou a decisão do STF de prender e, em decisão colegiada, manter a prisão Daniel Silveira (PSL-RJ) ao vídeo divulgado pelo deputado bolsonarista, em que pede um novo AI-5, ameaça ministros e incita uma “surra” a Edson Fachin por criticar o também general Eduardo Villas Bôas sobre o tuite no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, em 2016.

“Não se chega ao equilíbrio somando-se os excessos. O deputado seguramente excedeu-se no exercício da imunidade parlamentar. Contudo, isso não autoriza que outros agentes se excedam também, porque assim o sistema de freios e contrapesos fica contaminado”, disse Mourão, ressaltando que o caso gerou uma “crise desnecessária”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.