Fórum Educação
22 de dezembro de 2017, 11h00

Globo rescinde o contrato de William Waack mais de um mês após declarações racistas

A Fórum foi um dos primeiros, senão o primeiro veículo a dar o caso. A emissora divulgou nota. Leia aqui

A Fórum foi um dos primeiros, senão o primeiro veículo a dar o caso. A emissora divulgou nota. Leia aqui

Da Redação*

A Globo decidiu rescindir contrato com o jornalista William Waack, que em um vídeo que circula na internet desde 8 de novembro é flagrado fazendo ofensas racistas. Waack estava suspenso do Jornal da Globo desde aquela data.

Nesta sexta-feira (22), a emissora comunicou que ela e o jornalista “decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham”.

A Fórum foi um dos primeiros, senão o primeiro veículo a dar o caso. No vídeo, que vazou nas redes sociais, Waack aparece em Washington, onde estava para a cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos. Ele se preparava para entrar no ar ao vivo quando um motorista passa na rua, buzinando.

“Está buzinando por que, seu merda do cacete?”, reclama Waack. Em seguida, ele se vira para o comentarista Paulo Sotero e afirma: “Deve ser um, com certeza, não vou nem falar de quem, eu sei quem é. Sabe o que é?”. Sotero parece confuso e Waack move sua boca em um cochicho inaudível. Segundo internautas, ele teria dito “Preto, né? É coisa de preto com certeza”.

Diante da repercussão do vídeo, o jornalista foi afastado da bancada do Jornal da Globo em 9 de novembro. Na ocasião, a Globo comentou que era “visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações”.

Desde então, o telejornal passou a ter como âncoras substitutos Renata Lo Prete e Carlos Tramontina.

Leia o comunicado na íntegra: 

“​Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito. 

​A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.

​A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV GLOBO e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração.

Ali Kamel, diretor de Jornalismo da TV Globo

William Waack, jornalista e apresentador de programas jornalísticos da TV Globo”

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum