quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Governador do Amazonas diz que não vai indenizar famílias de mortos em presídios

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), disse que não tem dinheiro e, por isso, não indenizará os familiares dos 55 detentos assassinados dentro de unidades prisionais do estado entre domingo (26) e segunda-feira (27).

“Estamos endividados. O governo não tem dinheiro para fazer isso”, justificou, em entrevista coletiva nesta terça-feira (28), em Manaus.

Lima disse ainda que não vai renovar contrato com a empresa Umanizzare, terceirizada responsável pela gestão de seis presídios no estado, onde ocorreram as mortes.

Neste sábado (1º) acaba com o contrato de gestão do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). A empresa já anunciou que vai concorrer em nova licitação para se manter na administração das cadeias.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.