terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Governador tucano do RS defende expulsão de Aécio e Richa do PSDB

Aécio Neves e Beto Richa não conseguem agradar nem mesmo os tucanos. Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul, declarou que seu partido deveria desfiliar integrantes acusados de corrupção “com denúncias graves e provas robustas”.

Em entrevista ao Jornal da CBN – Segunda edição, Leite mencionou o deputado federal e ex-senador Aécio Neves (MG) e o ex-governador do Paraná Beto Richa (PR) como tucanos que deveriam ser expulsos do partido.

Na avaliação do governador gaúcho, “o PSDB se desconectou” do eleitorado ao não punir Aécio e Richa. “Mais do que um mea culpa, defendo levar a discussão à desfiliação de membros com denúncias graves e provas robustas”, destacou.

Eduardo Leite ressaltou que a provável alteração de nome do partido, que está sendo ventilada por alguns integrantes do PSDB, deveria ser a “última etapa de um processo de revisão interna”. Do contrário, a mudança não faria sentido.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.