Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de fevereiro de 2019, 19h03

Guedes pede redução de perguntas do Censo: “Se perguntar demais vai descobrir coisas que não quer saber”

Ministro da Economia sugeriu, durante a cerimônia de posse da nova presidente do IBGE, que o instituto reduza o questionário do Censo, principal pesquisa demográfica do país, a 10 perguntas; no mesmo evento, Guedes defendeu as privatizações e usou a contratação de prostitutas como exemplo. Entenda

Foto: Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), reduza o número de perguntas do questionário do Censo, principal pesquisa demográfica do país que serve de base para políticas econômicas, sociais e de saúde.

“Se perguntar demais você vai acabar descobrindo coisas que nem queria saber. Sejamos espartanos, façamos as coisas mais compactas e vamos tentar de toda forma ajudar”, afirmou Guedes, dando como exemplo o Censo de “países ricos” que teriam apenas 10 perguntas.

A declaração foi dada na cerimônia de posse, no Rio de Janeiro, da nova presidente do IBGE, Susana Cordeiro, na tarde desta sexta-feira (22).

Privatização facilitou a contratação de prostitutas 

Durante o mesmo evento, o ministro da Economia voltou a defender as privatizações e, para exemplificar a suposta melhora de serviços privatizados, citou a contratação de prostitutas.

“Lembrem-se que telefone era meio de luxo. Privatizamos, e entregador de pizza, todo mundo hoje tem telefone. Prostituta… Todo mundo marca seus programas pelos meios digitais. É progresso para todo mundo”, disparou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum