Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de setembro de 2018, 17h14

Haddad diz que Lula estará “permanentemente” em seu eventual governo

"O plano de governo que estamos defendendo é o 'plano Lula'", disse o candidato do PT após visitar o ex-presidente na Polícia Federal em Curitiba

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, afirmou em entrevista coletiva concedida em Curitiba (PR), na tarde desta segunda-feira (17), que Lula estará “permanentemente” em seu governo caso seja eleito. O ex-prefeito de São Paulo foi oficializado como o candidato do partido após a justiça eleitoral ter impugnado a candidatura do ex-presidente.

“Lula é um interlocutor permanente de todos os dirigentes do partido e não vai deixar de ser. Enquanto os outros partidos escondem seus dirigentes, nós temos muito orgulho de ter o Lula”, afirmou após ter se encontrado com o ex-presidente na superintendência da Polícia Federal.

“O plano de governo que estamos defendendo é o ‘plano Lula’ de governo”, completou Haddad.

Emprego e Educação

Na entrevista coletiva, Haddad detalhou ainda que os dois principais temas de seu plano de governo são trabalho e educação.

“Nós teremos uma grande reforma econômica. No caso de geração de emprego, teremos a reforma tributária, que visa aumentar a renda disponível de famílias de classe média e baixa, a reforma bancária, que visa reduzir drasticamente o juro pro tomador final, e a reforma fiscal, que abre espaço no orçamento público para a retomada das obras, em programas com alto impacto na geração de emprego”, disse.

“Na educação teremos a formação inicial e continuada dos professores e o apoio federal ao ensino médio público estadual. Cada escola federal vai ter que adotar escolas estaduais com baixo desempenho para promover essa etapa que ainda exige cuidados”, completou.

Assista a íntegra da entrevista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum