Fórumcast #20
14 de agosto de 2018, 07h12

Haddad já tem 6% em pesquisa divulgada pela Record

Com a presença de Lula, o ex-presidente aparece na liderança, com 29%, ante Bolsonaro com 19%, Alckmin com 9%, Marina com 8%, Ciro com 7% e Alvaro Dias com 6%

Foto: Lula Marques/ AGPT

De acordo com pesquisa divulgada na noite desta segunda-feira (13) pela TV Record, feita pela Real Time Big Data, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), alcança 6% das intenções de voto, quando colocado em um cenário eleitoral em substituição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No mesmo cenário, Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida com 21%, ante Marina Silva (Rede) com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB ) com 9% e Ciro Gomes (PDT) com 8%. Haddad está empatado com Alvaro Dias (Podemos). Com 1% ficam Guilherme Boulos ( Psol), João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles. Pela margem de erro de dois pontos percentuais, há um empate técnico entre Alckmin, Ciro, Haddad e Dias. Também há empate entre Marina e Alckmin. São cinco candidatos separados por apenas cinco pontos percentuais.

Com a presença de Lula, o ex-presidente aparece na liderança, com 29%, ante Bolsonaro com 19%, Alckmin com 9%, Marina com 8%, Ciro com 7% e Alvaro Dias com 6%.

Veja também:  Guerra criptografada: capas da Piauí, temores da Globo e Míriam Leitão e trolagem do livro em branco

A pesquisa também mediu quatro cenários em segundo turno. Com 43%, Lula derrota tanto Bolsonaro (35%) quanto Alckmin ( 31%). Já Bolsonaro consegue 39% quando colocado contra o tucano (31%) e Haddad (25%).

A pesquisa realizada entre os dias 10 a 12 de agosto contou com 3.200 entrevistas e teve o levantamento registrado no TSE sob o número 09102/2018 também mediu a intenção de voto espontânea, sem a apresentação da lista de candidatos. Neste caso, Bolsonaro tem 15%, Lula 13%, Alckmin 4%, Marina e Ciro, 3%, Alvaro Dias 2% e Haddad 1%.

A pesquisa também mediu a rejeição. Lula tem a mais alta, com 54%, seguido por Bolsonaro com 51%. Boulos e Meirelles ficam no terceiro posto, com 49%. Alckmin vem na sequência, com 43%, enquanto as três rejeições mais baixas são as de Marina Silva, com 38%; Haddad, com 37% e Alvaro Dias com 36%.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum