Hélio Negão endossa “daltonismo” de Bolsonaro e diz que Brasil é feito de “um só povo”

Aliado do presidente também negou racismo no assassinato de João Alberto. "A vida não tem cor", disse

O deputado Hélio Lopes (PSL-RJ), conhecido como Hélio Negão, afirmou nas redes sociais neste domingo (22) que o Brasil é feito de “um só povo”, que seria um “povo mestiço”. Discurso endossa o comentário do presidente Jair Bolsonaro de que é “daltônico” e que todos no país têm a mesma cor.

“Somos um só povo, uma só nação, somos um povo mestiço – mistura de várias raças! – Quem nos separar pela cor da pele mas não vão conseguir”, escreveu o aliado do presidente no Twitter.

Uma seguidora do deputado, Fabíola Faria, respondeu à publicação com “somos todos uma só cor, somos uma só nação, não existe minoria”. O parlamentar então concordou com ela: “Eu também penso assim”.

Hélio Negão utilizou um discurso similar ao comentar o assassinato de João Alberto, um homem negro, por seguranças brancos do Carrefour, indicando que o ato não teve motivações racistas.

“Sou contra qualquer violência! Todos os crimes devem ser investigados. Toda vida importa! Sem exceção! A vida não tem cor! A consciência não tem cor! Meus sentimentos a você que perdeu um ente querido, que Deus seja o seu abrigo e conforte o vosso coração”, afirmou.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.