terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Ilona Becskehazy, ligada à Fundação Lemann, é demitida do Ministério da Educação

Pressionado por parlamentares da bancada evangélica, o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, demitiu a secretária nacional de educação básica, Ilona Becskeházy.

Ele anunciou, nesta quarta-feira (5), em sua conta do Twitter, o convite para que a professora Izabel Lima Pessoa, servidora de carreira da CAPES, assuma o cargo.

Ilona Becskeházy é mestre e doutora em política educacional, com pesquisa sobre o modelo de ensino de Sobral, no Ceará.

Foi diretora da Fundação Lemann e comentarista da rádio CBN. Em 2018, fez parte da equipe de campanha do ex-presidenciável, Ciro Gomes.

Ilona assumiu a Secretaria Nacional de Educação Básica (SEB) em abril deste ano. Ela chegou a ser cotada para o cargo de ministra. Ilona Becskeházy é prima do humorista Gregório Duvivier.

O secretário de ensino básico é um dos cargos mais importantes no órgão porque cuida justamente da interlocução com Estados e municípios, responsáveis pelas escolas públicas do País.

“Convidei para assumir a SEB do MEC a professora doutora Izabel Lima Pessoa, servidora de carreira da CAPES com muita experiência em gestão de ensino público. Ela aceitou e será a mais nova componente da nova equipe do MEC.

Por oportuno, registro em nome do MEC gratidão à professora Ilona Becskehazy pelo seu trabalho nesses últimos 8 meses.”

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.