Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de março de 2019, 16h09

Integrante do grupo que vai analisar pacote anticrime de Moro, Freixo diz: “É fraco”

“O pacote é fraco para a importância do tema. Por isso quero ampliar o debate com a sociedade”, tuitou o deputado do PSOL

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O deputado federal Marcelo Freixo (PSOL), único representante do Rio de Janeiro escolhido para integrar o grupo de trabalho (GT) que analisará o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, já deixou claro o que pensa a respeito do projeto.

Pelo Twitter, neste sábado (23), Freixo declarou sua opinião: “Fui nomeado ao GT que analisará o pacote Moro devido à minha experiência no enfretamento ao crime organizado, nas CPIs das Milícias e do Tráfico de Armas, que presidi. O pacote é fraco p/ a importância do tema. Por isso quero ampliar o debate com a sociedade”, tuitou.


Antes disso, o deputado do PSOL havia dito sobre o pacote: “Têm muitas lacunas, imprecisões e é inconsequente. Precisa de um debate profundo com a sociedade civil, juristas, profissionais de segurança, movimentos sociais. Ninguém foi ouvido”, avalia Freixo.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum