Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de julho de 2019, 21h19

Jornal Nacional insiste em vincular hackers ao PT

Edição desta quinta-feira (25) deu um grande destaque à acusação de um dos presos de que mensagens seriam vendidas para o partido

Foto: Reprodução

O primeiro bloco da edição desta quinta-feira (25) do Jornal Nacional, da Rede Globo, foi dedicado à ação dos hackers presos pela Polícia Federal e que são acusados de invadir celulares de diferentes autoridades da política nacional. Porém, boa parte deste tempo do noticiário foi dedicado a vincular o Partido dos Trabalhadores (PT) à história que tem como personagem principal o juiz Sérgio Moro.

A primeira matéria informou que o próprio presidente Jair Bolsonaro foi vítima de ataques cibernéticos e como é o esquema de segurança das comunicações do chefe do poder executivo. O VT seguinte relatou que outras autoridades também tiveram seus telefone invadidos, entre eles o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a procuradora-geral da república, Raquel Dodge.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Em seguida o Jornal Nacional focou a cobertura em uma entrevista concedida noite da quarta-feira (24) pelo advogado do casal Gustavo Henrique Elias dos Santos e Suelen Priscila de Oliveira. Segundo ele, a dupla afirmou que Waler Delgatti Neto queria vender o material coletado para o PT. Foram quase dois minutos dados para o advogado contar toda a versão que tinha ouvido dos seus clientes.

Respostas

No estúdio, William Bonner e Renata Vasconcellos leram as notas de respostas do partido. O PT repudiou todas as acusações e lembrou que, neste caso, o principal acusado é o ministro Sérgio Moro, que segundo o partido, não poderia estar à frente da Polícia Federal neste momento, pois está extremamente envolvido nas mensagens.

Os apresentadores também tiveram que ler uma errata pedida pelo The Intercept, já que na edição da quarta-feira o programa disse que o site afirmava não ter recebido o material de hackers, quando na verdade o The Intercept nunca comentou sobre suas fontes.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum