Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de julho de 2019, 21h19

Jornal Nacional insiste em vincular hackers ao PT

Edição desta quinta-feira (25) deu um grande destaque à acusação de um dos presos de que mensagens seriam vendidas para o partido

Foto: Reprodução

O primeiro bloco da edição desta quinta-feira (25) do Jornal Nacional, da Rede Globo, foi dedicado à ação dos hackers presos pela Polícia Federal e que são acusados de invadir celulares de diferentes autoridades da política nacional. Porém, boa parte deste tempo do noticiário foi dedicado a vincular o Partido dos Trabalhadores (PT) à história que tem como personagem principal o juiz Sérgio Moro.

A primeira matéria informou que o próprio presidente Jair Bolsonaro foi vítima de ataques cibernéticos e como é o esquema de segurança das comunicações do chefe do poder executivo. O VT seguinte relatou que outras autoridades também tiveram seus telefone invadidos, entre eles o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e a procuradora-geral da república, Raquel Dodge.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Em seguida o Jornal Nacional focou a cobertura em uma entrevista concedida noite da quarta-feira (24) pelo advogado do casal Gustavo Henrique Elias dos Santos e Suelen Priscila de Oliveira. Segundo ele, a dupla afirmou que Waler Delgatti Neto queria vender o material coletado para o PT. Foram quase dois minutos dados para o advogado contar toda a versão que tinha ouvido dos seus clientes.

Respostas

No estúdio, William Bonner e Renata Vasconcellos leram as notas de respostas do partido. O PT repudiou todas as acusações e lembrou que, neste caso, o principal acusado é o ministro Sérgio Moro, que segundo o partido, não poderia estar à frente da Polícia Federal neste momento, pois está extremamente envolvido nas mensagens.

Os apresentadores também tiveram que ler uma errata pedida pelo The Intercept, já que na edição da quarta-feira o programa disse que o site afirmava não ter recebido o material de hackers, quando na verdade o The Intercept nunca comentou sobre suas fontes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum