Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de maio de 2019, 19h43

Justiça em São Paulo manda bloquear R$ 128 milhões de Aécio Neves

Determinação ocorreu no âmbito do inquérito policial que investiga pagamento de vantagens indevidas a Aécio por Joesley Batista e pelo Grupo J&F

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O juiz da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, João Batista Gonçalves, mandou bloquear imediatamente R$ 128 milhões do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG).

A determinação acata solicitação do Ministério Público Federal (MPF) e ocorreu no âmbito do inquérito policial que investiga pagamento de vantagens indevidas a Aécio pelo empresário Joesley Batista e pelo Grupo J&F. A medida alcança mais 13 pessoas e empresas.

Em nota, a defesa de Aécio disse “que considera inusitada e incompreensível a determinação de bloqueio das contas pessoais do deputado Aécio Neves e já apresentou recurso contra ela. Porque os valores referem-se, na sua grande maioria, segundo os próprios delatores, a doações eleitorais feitas pela JBS a diversos partidos políticos em 2014. Doações, inclusive, declaradas ao TSE”.

Andréa

No mês de março, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) havia determinado o bloqueio de R$ 1,7 milhão em bens de Aécio e Andréa Neves, sua irmã.

A decisão atendeu, parcialmente, um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que solicitava o arresto de mais de R$ 5 milhões, com o objetivo de assegurar pagamento de multa e indenização por danos coletivos, caso o deputado seja condenado.

Cristiane Brasil

A Polícia Federal alega, ainda, que Aécio utilizou recursos ilícitos para comprar apoio de outros partidos, como o PTB. Por isso, a decisão atingiu os ex-deputados Cristiane Brasil (PTB-RJ) e Benito Gama (PTB-BA), que tiveram R$ 20 milhões bloqueados cada.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum