quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Líder da oposição pede reunião de emergência contra convocação de ato pró-golpe por Bolsonaro

Líder da oposição na Câmara, o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) busca convocar uma reunião de emergência com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para debater ações contra Jair Bolsonaro, que está convocando apoiadores por Whatsapp para um ato de apoio a um novo AI-5, com fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF), no próximo dia 15 de março.

“Basta! O próprio presidente convoca ato contra a democracia? Como Bolsonaro não consegue oferecer uma vida melhor ao povo, procura culpados: o Congresso, o Judiciário, a imprensa… As forças democráticas vão agir. Vamos nos unir p/ impedir outra ditadura”, tuitou Molon na noite desta terça-feira (25), compartilhando a notícia sobre o apoio de Bolsonaro ao ato.

A notícia causou imediata reação de políticos de um grande leque partidário, rechaçando a disposição do presidente de dar um novo golpe militar no Brasil.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.