Lula nega que, se for candidato, não dará entrevistas à Globo

Ricardo Noblat deu a nota em seu blog; ex-presidente negou à Fórum a informação através de sua assessoria

O colunista Ricardo Noblat afirmou em seu blog, no Metrópoles, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não irá conceder entrevistas à Rede Globo de Televisão como candidato à sucessão de Jair Bolsonaro (Sem Partido) na eleição de 2022.

Lula, no entanto, nega a informação. “O ex-presidente ainda não definiu a candidatura e não existe debate ou definição sobre isso”, afirma através de sua assessoria.

De acordo com Noblat, a decisão de Lula de não dar entrevistas à Globo teria sido acatada “sem resistência pelo comando nacional do PT”. O colunista diz ainda que uma voz ou outra teria discordado da decisão, “mediante a certeza de que sua identidade não será revelada”.

Críticas à Globo

Em seu primeiro discurso, assim que deixou a carceragem da Polícia Federal (PF), em Curitiba, Lula fez várias críticas, inclusive à Rede Globo:

“Eu quero que vocês saibam que além de continuar lutando para melhorar a vida do povo brasileiro eu quero dizer o que o lado mentiroso da PF, do MPF, além do Moro e do TRF-4, tem que saber: eles não prenderam um homem, eles tentaram matar uma ideia, mas uma ideia não de mata. Se existe uma quadrilha e um monte de mafioso nesse país essa maracutaia que eles fizeram para tentar, liderado pela Rede Globo de Televisão, que o PT e o Lula eram criminosos”, afirmou.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR