Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de março de 2020, 19h08

Lula pede desculpas ao povo chinês e diz que “Governo Bolsonaro não está à altura do Brasil”

Segundo o ex-presidente, a declaração de Eduardo Bolsonaro foi “ofensiva e leviana, além de contrariar frontalmente os sentimentos de respeito e admiração dos brasileiros pela China”

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou uma carta ao atual presidente da China, Xi Jinping, na qual afirmou seu repúdio à “inaceitável agressão” feita ao povo chinês pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Lula disse que a declaração dada pelo filho do atual presidente do Brasil, que responsabilizou o país asiático pela pandemia do coronavírus, é “ofensiva e leviana”, além de contrariar frontalmente os sentimentos de respeito e admiração dos brasileiros pela China.

“Quero expressar os sentimentos de uma nação, que tive a responsabilidade de presidir por dois mandatos, ao pedir desculpas ao povo e ao governo da China pelo comportamento deplorável daquele deputado”, reforça Lula.

O ex-presidente lembrou que setores expressivos da sociedade brasileira, incluindo os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, também condenaram a agressão de Eduardo Bolsonaro ao povo chinês. “Lamento, entretanto, que o atual governo brasileiro não tenha feito esse gesto pelos canais diplomáticos, e por meio do próprio presidente da República, Jair Bolsonaro. Seu silêncio envergonha o Brasil”, lamenta Lula.

Ao encerrar mensagem, o líder petista disse que os esforços que a China fez para combater o coronavírus são positivos. “Essa é a verdadeira imagem da China que nós aprendemos a admirar. Um país com o qual desejamos manter e aprofundar as melhores relações de amizade e cooperação, inclusive no combate à grave pandemia que também nos atinge”, concluiu.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum