Fórumcast #19
24 de março de 2019, 10h53

Malafaia detona Olavo de Carvalho: “Ficar dando piruada escondido nos EUA é mole”

“Se dependesse de Olavo de Carvalho nem para vereador Bolsonaro conseguiria vencer”, escreveu o pastor evangélico nas redes sociais

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A falta de rumo do governo Bolsonaro está contagiando alguns dos principais representantes da direita. A guerra está declarada entre Silas Malafaia e Olavo de Carvalho. O pastor evangélico respondeu ao “guru” da família Bolsonaro pelas redes sociais. Chamou-o de “astrólogo” e disse: “Olavo estava em um rancho nos EUA, eu e Bolsonaro tomando pancada do ativismo gay. Ficar dando piruada escondido nos EUA, é mole”.

Malafaia fez uma série de tuítes rebatendo Olavo de Carvalho: “A influência de Olavo na eleição de Bolsonaro é quase zero. Uma meia dúzia de olivetes que são seus alunos, poucos milhares. O datafolha mostrou a importância do voto evangélico nessa eleição”.

Em outra postagem, o evangélico provocou: “OLAVO! Fale as asneiras que você quiser sobre mim e a posição dos evangélicos ao longo da história. Dizer que nós só chegamos agora para defender esses princípios ideológicos, é rasgar a história, nossas crenças e valores. Bolsonaro reconhece o papel fundamental dos evangélicos”.

E acrescentou: “Se dependesse de Olavo de Carvalho nem para vereador Bolsonaro conseguiria vencer. No voto para presidente, Bolsonaro teve dos evangélicos mais de 11 milhões de votos em relação ao que Haddad recebeu dos evangélicos. Números do datafolha e ibope”.


O início da desavença pelas redes foi quando o evangélico criticou uma declaração de Eduardo Bolsonaro sobre Olavo ter sido responsável pela vitória do pai na eleição. “Deixe de bajular guru”.

Veja também:  Ministro da Educação ameaça processar a Wikipédia

Demora

Olavo de Carvalho respondeu, via Facebook, dizendo que as igrejas evangélicas demoraram para começar a atuar na luta contra o petismo. “Pelo menos até 2009 ainda se davam muito bem com o partido governante”, postou.


Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum