Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de novembro de 2019, 08h23

Marcelo Bretas manda prender ex-presidente do Paraguai em operação da Lava Jato

Horacio Cartes é suspeito de ter ajudado na fuga do doleiro Dario Messer, foragido desde maio de 2018

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O juiz da 7ª Vara Federal fluminense, Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro, mandou prender nesta terça-feira (19) o ex-presidente do Paraguai, Horacio Cartes, suspeito de ter ajudado na fuga do doleiro Dario Messer, foragido desde maio de 2018.

Segundo os investigadores, o ex-presidente paraguaio é amigo da família Messer. O doleiro responde a inquéritos policiais desde o fim dos anos de 1980. Neste período, movimentou dinheiro de forma suspeita de políticos, empresários e criminosos.

Além de político, Cartes é considerado um empresário dos mais ricos do Paraguai. Ele chegou ao poder em abril de 2013, com uma eleição que representou o retorno ao poder do conservador Partido Colorado, que dominou a política local durante 60 anos, incluindo os mais de 30 anos da ditadura de Alfredo Stroessner.

A operação desta terça foi batizada de Patrón e é um desdobramento da Câmbio, Desligo. Em espanhol, a palavra significa “patrão” e é o termo reverencial que Messer se referia a Cartes.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum