Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de junho de 2019, 17h31

Marco Aurélio Mello critica Moro: “Não é vocacionado ao cargo de juiz”

“Não tenho nada a esconder e não mantenho diálogos fora do processo com as partes”, destacou o ministro, ao ser perguntado se receava ser alvo de hackers

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), enquadrou novamente o ex-juiz Sérgio Moro. Mello declarou que o atual ministro da Justiça não é vocacionado para a magistratura e ironizou as mensagens trocadas por ele e Deltan Dallagnol, procurador da Lava Jato, divulgadas pelo site The Intercept.

“Não tenho nada a esconder e não mantenho diálogos fora do processo com as partes”, destacou o ministro, ao ser perguntado se receava ser alvo de hackers.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

“Antes desse problema todo, que enxovalhou o perfil dele, eu disse lá atrás que ele (Moro) não era vocacionado ao cargo de juiz. Mantenho a convicção”, declarou Mello.

“Virou as costas”

O ministro disse, ainda, que Moro “virou as costas à cadeira”, em referência ao fato de ter abandonado a função de juiz para virar ministro da Justiça de Jair Bolsonaro. “Se fosse de família muito rica, eu admitiria que ele deixasse a cadeira para ter o ócio com dignidade, mas não é”.

Em relação ao que pode ocorrer no futuro diante das denúncias do The Intercept, Mello disse: “Não sei a consequência, porque o fato consumado no Brasil, e me refiro à condenação que já existe, tem uma força muito grande”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum