O que o brasileiro pensa?
29 de janeiro de 2020, 09h05

MBL pede demissão de Weintraub: “não tem postura, iniciativa e competência”

Com o pedido, o grupo soma-se a vozes de esquerda e especialistas em educação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub (Reprodução/Twitter)

O MBL (Movimento Brasil Livre), grupo de direita e aliado histórico de Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), pediu nesta terça (28) a demissão do ministro da Educação, Abraham Weintraub. A razão é o “lamentável trabalho” que ele tem feito à frente da pasta.

Com o pedido de demissão de Weintraub, o MBL soma-se a vozes de esquerda e especialistas em educação.

“A presença do ministro Weintraub é incompatível com um governo que, durante a campanha eleitoral, prometeu um ministério de notáveis”, afirma o MBL.

Na sua nota, o MBL ironiza a alusão ao escritor “Kafta (primo árabe, talvez do tcheco Kafta)” e a declaração sobre suposta existência de plantações de maconha em universidades públicas.

Lembra ainda o xingamento “égua sarnenta e desdentada” feito pelo ministro à mãe de um seguidor e o erro de ortografia em um texto postado (imprecionante, em vez de impressionante).

“Infelizmente, a inadequação de Weintraub ao cargo não se resume à sua intemperança verbal. Ela é mais grave”, afirma o movimento.

“Resta claro que Abraham Weintraub não tem os predicados de um ministro da Educação”, segue o MBL, dizendo que o ministro não tem postura, iniciativa e competência.

O MBL termina a nota pedindo sua substituição por alguém competente, técnico e responsável.

Dudão ainda apoia

O deputado federal, Eduardo Bolsonaro (Sem Partido-SP), por sua vez, ainda apoia Weintraub. Na manhã desta quarta-feira, Dudão defendeu a permanência do ministro em sua conta do Twitter. Ele aproveitou para chamar o MBL de “grupelho de new leftt”. Veja abaixo:

Com informações da Folha

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum