Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de julho de 2019, 23h09

Mensagens adquiridas por suposto hacker estão resguardadas dentro e fora do país, diz defesa

Advogados de Walter Delgatti Neto afirmaram que ele é o responsável por invadir o celular do ministro Sérgio Moro

A defesa de Walter Delgatti Neto, preso por ser suspeito de invadir as contas de Telegram de autoridades e figuras públicas, divulgou nota neste domingo (28) em que diz que as mensagens estão guardadas por “fiéis depositários, nacionais e internacionais”.

No documento redigido em matéria da Folha, a defesa de Neto reafirma que ele é a fonte que compartilhou as mensagens com o site The Intercept Brasil, responsável pela publicação da série de reportagens Vaza Jato, a qual expõe conversas que denunciam um esquema de corrupção dentro da Operação Lava Jato.

“Recentemente, o nosso cliente, no exercício dos direitos e deveres individuais, em condições de plena e estável sanidade mental, confrontado com informações disponibilizadas por via online —de forma gratuita, anonimamente, não divulgadas informações de cunho pessoal, sem quaisquer fins lucrativos—”, diz a nota, “optou por transferir tal material para profissionais da imprensa, de reconhecida competência e seriedade, para investigar e averiguar o conteúdo das mesmas.” 

No final, o comunicado diz que, para todos os fins, registra, por pertinente, que o conjunto das informações está devidamente resguardado por fiéis depositários, nacionais e internacionais”.

O comunicado é assinado pelos advogados Luís Gustavo Delgado Barros e Fabrício Chaves Lucas. O documento afirma que Delgatti se espanta com a “fragilidade do sigilo no Brasil, e convida a regulamentação e a transparência quando do acesso e uso de redes de informação pelo poder público, em defesa do melhor interesse público”.

O suposto hacker foi preso temporariamente por cinco dias na última terça-feira (23), mas, na sexta-feira, o juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Brasília, renovou a prisão temporária por mais cinco dias.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum