sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Milícia virtual bolsonarista propaga meme que diz que general iraniano é “a nova Marielle”

A máquina de memes da milícia virtual bolsonarista está propagando nas redes montagem de uma foto do general iraniano Qassem Soleimani, assassinado a mando de Donald Trump, com os cabelos da vereadora Marielle Franco, executada por milicianos no Rio de Janeiro, para defender a ação militar dos Estados Unidos no Oriente Médio.

O meme tem sido usado para comentar tuítes de apoiadores de Jair Bolsonaro que estão defendendo o conflito instalado por Trump contra o Irã.

Nesta quinta-feira (9), a usuária Francisca Azevedo usou a imagem para comentar uma publicação do jornalista Alexandre Garcia, ex-TV Globo que atua nas redes defendendo as propostas do governo Bolsonaro.

“O petróleo caiu, as bolsas subiram, a guerra não saiu; os catastrofistas vão ter que voltar ao aquecimento global”, ironizou Garcia em seu tuíte, recebendo como resposta um “Graças à Deus que a guerra não veio, mas ficou isso daí para encher o saco das pessoas de bem”, de Francisca, que publicou o meme.

O bolsonarista Carlos Araújo também publicou a imagem quando indagado, em uma série de comentários, se já havia se alistado no exército de Trump para o conflito no Oriente Médio. “Nao preciso o Irã arregou. Ficou barato. Chora aí pela nova Marielle”, respondeu, publicando a imagem.

Plinio Teodoro
Plinio Teodoro
Plínio Teodoro Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.