Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de abril de 2019, 11h10

Militares são apenas 1% dos aposentados, mas representam 15,4% do rombo

Os números dos servidores públicos são parecidos: eles são 2% do total de aposentados, mas sua participação no déficit do sistema é de 16,3%

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Dados do Tesouro Nacional de 2018 mostram que os militares inativos e pensionistas são apenas 1,16% do total de aposentados no país, mas representam 15,4% do rombo da Previdência Social. O levantamento mostra que eles têm um peso proporcional muito maior no déficit da Previdência.

Os números dos servidores públicos são parecidos: eles são 2% do total de aposentados, mas sua participação no déficit do sistema é de 16,3%. Os funcionários de empresas privadas, que são a maioria dos brasileiros, representam 96,8% do total de aposentados e 68,3% do déficit.

Apesar disso, o governo de Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que é capitão da reserva, diz que militares têm atividade diferente, e apresentou projeto de lei com novas regras para a aposentadoria de militares, que não é a mesma da reforma geral da Previdência.

Como justificativa, o governo afirma que a carreira militar tem uma série de especificidades e, por isso, requer um tratamento diferenciado, como por exemplo risco de morte, proibição de greve, sem adicional noturno, sem hora extra e disponibilidade permanente.

Veja abaixo os números de 2018 de aposentados e o peso de cada um no rombo da Previdência:

Total de aposentados/inativos (privados, públicos e militares): 33,044 milhões
Déficit total da Previdência: R$ 284,6 bilhões

Funcionários privados aposentados e pensionistas: 32 milhões (96,8% do total de aposentados)
Déficit com aposentadoria e pensão de funcionários privados: R$ 194,3 bilhões (68,3% do total do déficit)

Militares inativos: 384 mil (1,16% do total de aposentados)
Déficit com militares inativos: R$ 43,8 bilhões (15,4% do total do déficit)

Servidores aposentados: 660 mil (2% do total de aposentados)
Déficit com servidores públicos: R$ 46,4 bilhões (16,3% do déficit)

Com informações do UOL


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum