Fórumcast, o podcast da Fórum
05 de abril de 2018, 21h51

Moro está “equivocado”, diz Pedro Serrano

“É aquela lógica de que a defesa, os direitos fundamentais, só atrapalham o juízo punitivista que ele faz. Isso é um equívoco”, afirmou o jurista

Por Cíntia Alves, do Jornal GGN

O jurista Pedro Serrano disse ao GGN que o entendimento usado por Sergio Moro para decretar a prisão de Lula, nesta quinta (5), está “equivocado”. Com aval do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o juiz ordenou que Lula se apresente à Polícia Federal em Curitiba até as 19h de sexta-feira (6) sem que os recursos em segunda instância tenham se esgotado.

No despacho, Moro admitiu que Lula ainda tem direito a embargos de embargos no TRF-4, mas assinalou que esse tipo de recurso é “protelatório”, que deveria ser extinto do ordenamento jurídico e que não vai mudar o destino de Lula.

“Eu creio que ele está equivocado. Não são [recursos] meramente protelatórios. O problema é que ele tem tido o entendimento de que o exercício de defesa é sempre algo protelatório”, disse Serrano. “É aquela lógica de que a defesa, os direitos fundamentais, só atrapalham o juízo punitivista que ele faz. Isso é um equívoco”, acrescentou.

Veja também:  Haddad: Bolsonaro e seu governo "antinacional e antissocial" é que ameaçam a soberania

Segundo o jurista, a defesa de Lula ainda pode recorrer. “Existem as ADCs (ações declaratórias de constitucionalidade, sobre prisão em segunda instância) tramitando (no Supremo). Nelas, é possível se tomar alguma medida, em algum pedido de liminar, numa cautelar preventiva, observou.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum