Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de julho de 2019, 22h01

Moro foge da Câmara aos gritos de “ladrão, ladrão, ladrão”

Parlamentares da base governista chegaram a partir para cima de Glauber Braga e provocaram uma confusão generalizada após o deputado afirmar que Moro entraria para a história como "juiz ladrão"; sessão foi encerrada em meio ao bate-boca e Moro fugiu aos gritos de "ladrão"

Reprodução/TV Câmara

Após mais de seis horas de clima quente, a audiência na Câmara dos Deputados desta terça-feira (2) que ouviu o ministro da Justiça, Sérgio Moro, sobre suas conversas com procuradores da Lava Jato, teve que ser encerrada após uma confusão generalizada entre a base governista e a oposição.

A faísca da explosão foi queimada quando o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) chamou Moro de “juiz ladrão”. O parlamentar psolista fez uma comparação da atuação do ministro na Lava Jato com a de um juiz de futebol que “rouba” para algum dos times antes de disparar: “O senhor vai entrar para história como um juiz ladrão e corrompido que ganhou uma recompensa para fazer com que a democracia brasileira fosse atingida”.

Deputados bolsonaristas, então, deram início a um tumulto e chegaram a cercar Braga, que foi defendido por outros deputados da oposição.

Em meio ao bate-boca, congressistas pró-Moro gritavam “cuzão” para o deputado do PSOL, enquanto a oposição gritava “ladrão” para Moro, que fugiu da sessão antes da presidenta da mesa declarar a audiência encerrada.

Assista abaixo a análise do editor da Fórum, Renato Rovai, sobre a fuga de Moro.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum