Entrevista exclusiva com Lula
01 de novembro de 2019, 19h03

Moro se irrita ao ser questionado sobre declaração de Eduardo Bolsonaro: “Assunto encerrado”

“Vou pedir para você me explicar como isso se relaciona com a questão da delegacia. Mas, enfim, isso foi ontem e o deputado já pediu desculpas", respondeu a jornalista sem esconder o descontentamento

Foto: Lula Marques

Acusado de omissão, por não ter se manifestado diante da afirmação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que citou a possibilidade da instalação de um novo AI-5, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, se irritou, nesta sexta-feira (1º), ao ser questionado por jornalistas sobre o assunto.

“Vou pedir para você me explicar como isso se relaciona com a questão da delegacia. Mas, enfim, isso foi ontem e o deputado já pediu desculpas, então assunto encerrado”, respondeu, não escondendo a irritação.

O ex-juiz ainda tentou determinar o que os jornalistas deviam perguntar. Moro já havia expressado descontentamento com as questões feitas pela imprensa: “A próxima pergunta tem de ser da delegacia. Chega de dar esse tipo de permissão, está um pouquinho demais”, afirmou.

O ministro de Bolsonaro esteve em Curitiba nesta sexta-feira (1º) para participar da inauguração da primeira Delegacia Modelo de Investigação e Análise Financeira no Brasil.

O porteiro

Moro abordou, também, sua solicitação junto à Procuradoria-Geral da República (PGR) para investigar o porteiro do condomínio onde mora Bolsonaro e um dos suspeitos de assassinar a vereadora Marielle Franco e Anderson Gomes, que mencionou um possível envolvimento do presidente.

“A expectativa é que essa nova investigação sirva tanto para aclarar esses fatos mais recentes, mas que, de alguma forma, contribua também com a investigação desses assassinatos”, disse, sem convencer.

Com informações do Paraná Portal


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum