Fórumcast #19
19 de março de 2019, 20h48

MPF abre investigação de improbidade contra Vélez Rodríguez

A ação foi motivada pelo caso do envio de cartas às escolas contendo o slogan de campanha de Jair Bolsonaro

Deputados também enfatizaram isolamento de Vélez no comando do MEC: novo nome para a Secretaria Executiva deve ser anunciado em dois dias

Ricardo Vélez Rodríguez, ministro da Educação, será alvo de uma investigação do Ministério Público Federal (MPF) sobre improbidade administrativa. A iniciativa é consequência do caso do envio de cartas às escolas contendo o slogan de campanha de Jair Bolsonaro.

O caso foi instaurado pela procuradora Eliana Pires Rocha, na Procuradoria da República do Distrito Federal (PR-DF).

O Globo conseguiu o despacho de abertura da investigação: “Suposta improbidade praticada pelo Ministro da Educação, que emitiu carta às escolas do país, exortando-as a submeter os estudantes à execução do hino nacional perante a bandeira e a registrar imagens dos alunos para posterior envio ao ministério. Além disso, finalizou a carta com slogan da campanha eleitoral presidencial ‘Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!’”.

Desgaste

A partir de agora, Vélez passa a ser formalmente investigado, o que representa mais um desgaste contra ele. A procuradora responsável pelo caso encaminhou ofício ao ministro, pedindo esclarecimentos.

Na opinião dos investigadores, o fato é uma possível violação ao artigo 37 da Constituição, que diz que a publicidade dos “atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deve ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, sem constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”.

Veja também:  Eduardo Bolsonaro pede apoio na Fiesp para assumir embaixada: "Os senhores não são malvadões"

Com informações de O Globo

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum