Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de julho de 2019, 09h36

“Não passa na minha cabeça uma coisa dessa”, diz mãe de DJ preso como hacker pela PF

Gustavo Henrique Elias Santos é um dos quatro presos temporariamente pela Polícia Federal por suspeita de ter atacado celulares de Sergio Moro e Deltan Dallagnol

DJ Gustavo Henrique Elias, preso como cúmplice do hacker de Araraquara (Reprodução/Youtube)

Marta Elias Santos, mãe do DJ Gustavo Henrique Elias Santos, que foi preso pela Polícia Federal nesta terça-feira (23) em Araraquara (SP) como suposto hacker do celular do ministro Sérgio Moro, diz que “desconhece” o envolvimento do filho com a prática.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Estou chocada, estou tremendo, tenho certeza que meu filho não está envolvido nisso, não. Eu acho que foi um erro tamanho”, disse à Folha. “Eu desconheço [o suposto envolvimento], não passa na minha cabeça uma coisa dessa”.

Leia também
Quem são os supostos hackers presos em Araraquara pela PF

Santos é um dos quatro presos temporariamente pela Polícia Federal por suspeita de ter atacado celulares de autoridades como o ex-juiz e ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba. A companheira dele, Suelen Priscila de Oliveira, também foi presa.

Ariovaldo Moreira, advogado que defende o casal, disse achar pouco provável o envolvimento do DJ no caso. “Eu, particularmente, não acredito, pelo que conheço meu cliente, que ele esteja envolvido nessa questão daquelas mensagens do ministro com o procurador”, afirmou Moreira.

Ele já atuou como defensor de Santos em outro processo anteriormente, pelo qual o DJ respondeu por porte ilegal de arma. Segundo o site do Tribunal de Justiça de São Paulo, Santos foi condenado naquele caso a pagar multa e a prestar serviços à comunidade.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum