O que o brasileiro pensa?
03 de julho de 2020, 07h36

Oswaldo Eustáquio, que está preso, afirmou à PF que fez parte do governo de transição de Bolsonaro

O blogueiro bolsonarista disse que “o convite para atuar no governo de transição foi feito por uma coalizão de pessoas que conheciam o seu currículo” na área de jornalismo, na qual atuou

Foto: Reprodução YouTube

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio, que está preso desde a sexta-feira (26), afirmou em depoimento à Polícia Federal, nesta quinta-feira (2) que “fez parte do governo executivo federal de transição do atual presidente da República até 31 de janeiro de 2019”.

Eustáquio disse também que “atuou na assessoria de comunicação do governo executivo federal de transição”. Ele não contou quem o teria convidado para trabalhar na gestão do governo Bolsonaro, nem quando iniciou seu trabalho com a equipe de transição.

Eustáquio disse que “o convite para atuar no governo de transição foi feito por uma coalizão de pessoas que conheciam o seu currículo” na área de jornalismo, na qual atuou.

A prisão temporária do blogueiro foi prorrogada na última terça-feira (30) pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é investigado no inquérito que apura o financiamento de atos antidemocráticos.

A continuidade da detenção foi um pedido da Polícia Federal, que quer mais tempo para analisar materiais apreendidos sem correr risco de obstrução nas investigações. Na decisão, Moraes diz que a medida é ‘imprescindível’ para que os policiais avancem no inquérito e também para resguardar as diligências.

A reportagem do Estadão questionou a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto sobre as afirmações de Oswaldo Eustáquio, se o profissional chegou a ser remunerado por serviços prestados e se chegou a despachar no Palácio do Planalto. A secretaria limitou-se a informar apenas que “o Planalto não comentará”.

Eustáquio foi detido no mesmo inquérito que levou à prisão a extremista Sara “Winter” Giromini, solta após dez dias de prisão provisória.

Com informações do Estadão


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum