Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de fevereiro de 2020, 12h12

Pannunzio: “Se o Zé Eduardo Cardoso tivesse agido como Moro não haveria impeachment”

Documento da PF diz que não há indícios de que Flávio Bolsonaro tenha cometido crimes de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica

Foto: Montagem

O jornalista Fábio Pannunzio disse, em sua conta do Twitter, nesta terça-feira (4), que se o ex-ministro da Justiça e advogado-geral da União do Brasil, José Eduardo Cardoso, tivesse agido como o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, não teria acontecido o impeachment de Dilma Rousseff.

“Sérgio Moro está provando por A + B q o PT tinha razão quando criticava o @JE_Cardozo. O relatório q inocenta @FlavioBolsonaro deixa claro q era possível transformar a Polícia Federal na guarda pretoriana do regime. Se o Zé Eduardo tivesse agido como Moro, ñ haveria impeachment.”

Não há indícios de crime

Sob o comando de Sergio Moro, a Polícia Federal finaliza um relatório que deve livrar o senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ) de ao menos dois de uma série de processos que ele tem sido alvo.

Sob a responsabilidade do delegado Erick Blatt, o documento que será entregue à Justiça nos próximos dias diz que não há indícios de que o filho de Jair Bolsonaro tenha cometido os crimes de lavagem de dinheiro e de falsidade ideológica na investigação eleitoral que trata das negociações de imóveis e da sua declaração de bens na eleição de 2018.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum