Para defender Bolsonaro, Wajngarten não reponde se “declarações estapafúrdias” impactam junto à população

Indagação de Renan Calheiros gerou bate-boca e, pressionado, ex-secretário de Bolsonaro respondeu: "pergunte a ele"

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, nesta quarta-feira (12), o ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, Fábio Wajngarten, evitou responder aos questionamentos do relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), sobre o impacto das declarações do presidente Jair Bolsonaro contra a vacinação na pandemia.

Wajngarten iniciou a sua resposta alegando que as declarações de Bolsonaro impactam, mas não são as únicas que influenciam a população. “A população recebe mensagens de diferentes meios e diferentes conteúdos. O discurso presidencial é um, a televisão, a narrativa, o rádio. O complemento de informações vai resultar na tomada de decisão. Impacta? Impacta. É único? Não é”, disse o ex-chefe da Secom.

“Eu perguntei se é único? Não. Eu perguntei se impacta”, rebateu Renan. “Complementando com os outros, tem impacto”, insistiu o secretário. O relator então subiu o tom contra Wajngarten: “Eu fiz uma pergunta objetiva. As declarações estapafúrdias do presidente impactam a sociedade?”.

O ex-chefe da Secom, no entanto, continuou insistindo que Bolsonaro não é o único responsável por influenciar a opinião da população na pandemia. “O presidente é o líder máximo da nação. Combinado com as outras formas de recebimento de mensagem, forma a decisão na cabeça da população. É único? Não, não é”, respondeu.

Renan então questionou Wajngarten sobre o objetivo da comunicação do presidente, assim como quem o orientava a não incentivar a vacinação contra a Covid-19. “As manifestações do presidente pertencem a ele. As minhas conversas com ele era sempre sobre a forma e técnica da imprensa”, disse o ex-secretário.

Ao ser questionado sobre quem orientava Bolsonaro, Wajngarten disse a Renan para “perguntar ao presidente”. A resposta gerou mal estar entre os senadores e o relator insistiu para que o ex-secretário respondesse aos questionamentos.

Acompanhe ao vivo o depoimento de Fábio Wajngarten na CPI da Covid-19:

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.