Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de junho de 2018, 20h50

Parlamentares do PT lançam ofensiva contra alta nos planos de saúde

“Eu e @humbertocostapt entramos com projeto para suspender portaria da ANS que autoriza cobrança de até 40% do valor de procedimento médico para quem tem plano de saúde. Custo final poderá DOBRAR para o usuário. É um escândalo!”, postou Lindbergh Farias

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) usou sua conta no Twitter para informar que, junto com o seu colega, Humberto Costa (PT-PE), ingressou com um projeto para suspender a nova regra da Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS), que prevê que pacientes devam pagar até 40% no caso de cobrança de coparticipação em cima do valor de cada procedimento realizado com planos de saúde.

“Eu e @humbertocostapt entramos com projeto para suspender portaria da ANS que autoriza cobrança de até 40% do valor de procedimento médico para quem tem plano de saúde. Custo final poderá DOBRAR para o usuário. É um escândalo!”, escreveu Lindbergh. Em outro tuíte, disse: “A ANS virou um escritório que representa os interesses dos planos de saúde!”.

O deputado federal Paulo Teixeira, outro representante do PT, também criticou a medida. “As consequências nefastas do golpe. Atacam sua saúde! Primeiro, governo usurpador corta investimentos em saúde por 20 anos. Agora, querem liberar o uso de mais agrotóxicos. Por fim, ainda aumentam os planos de saúde”, escreveu no Twitter.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum