Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de janeiro de 2019, 12h31

Patrícia Lélis abre nova ação contra Eduardo Bolsonaro por calúnia usando notícias da Fórum

"Fiquei sabendo que o mimadinho do @BolsonaroSP e seu pai @jairbolsonaro estão processando a @revistaforum por conta de uma foto. Então acordei decidida a abrir outro processo contra o Eduardo, por ter me caluniado e difamado usando notícias da Fórum", tuitou a jornalista.

Reprodução

A jornalista Patrícia Lélis anunciou nesta terça-feira (22), em sua conta no Twitter, que entrará com novo processo contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/RJ) por calúnia e difamação usando notícias da Fórum.

“Fiquei sabendo que o mimadinho do @BolsonaroSP e seu pai @jairbolsonaro estão processando a @revistaforum por conta de uma foto. Então acordei decidida a abrir outro processo contra o Eduardo, por ter me caluniado e difamado usando notícias da Fórum“, tuitou.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Patrícia confirmou por whatsapp à Fórum que está finalizando a ação para dar entrada na Justiça.

Em tuíte na quarta-feira (16), em que cita reportagem da Fórum, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP) afirma que a jornalista Patrícia Lélis mente ao sugerir que ele e os irmãos usavam maconha. Segundo o deputado, “a intenção é tentar manchar diariamente a nossa reputação”.

No texto, Eduardo ainda nega que tenha namorado Patrícia. “Essa profissional aí todos já sabem q nunca namorei/beijei/convidei p sair, sei o meu nível”, publicou.

Processo contra a Fórum
Na sexta-feira (18), a Fórum recebeu na sua sede um mandado de citação postal de um processo movido pelo atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e por seu filho, o deputado federal, Eduardo Bolsonaro. A revista está sendo processada junto com o fotógrafo Luiz Araújo Marques, o Lula Marques. O motivo é a publicação feita por ele e publicada pela Fórum de uma conversa de Bolsonaro com Eduardo, em que num dado momento o pai diz que não vai visitar o filho na Papuda.

A ação movida pelo presidente da República e o deputado federal tem por objetivo uma indenização por “uso abusivo de imagem e violação de privacidade e conduta difamatória”.

“Na verdade essa é a forma que a família Bolsonaro encontrou para nos ameaçar e tentar nos intimidar, mas já aviso que isso não nos fará mudar em nada nossa linha editorial. Bolsonaro e seus filhos têm que explicar o esquema Queiroz e o enriquecimento com compra e venda de imóveis. A Fórum não tem nada que explicar. Temos é que continuar fazendo jornalismo. E é o que faremos”, afirma Renato Rovai, editor da Fórum.

O editor também disse que já conversou com os advogados da revista e com o fotógrafo Lula Marques. E que todos estão dispostos a enfrentar o processo denunciando a intimidação e o seu viés de censura inclusive internacionalmente.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum