Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de julho de 2019, 09h25

Paulo Guedes afirma que seu celular foi clonado

A assessoria informou ainda que mensagens originárias do celular do ministro devem ser desconsideradas

Foto: Fotos: Gustavo Raniere/Ministério Fazenda

De acordo com informações de sua assessoria divulgadas na noite desta segunda-feira (22), o celular do ministro da Economia, Paulo Guedes, foi hackeado. O informe diz ainda que, nesta terça-feira, serão tomadas medidas cabíveis.

O telefone do ministro entrou para o aplicativo de mensagens Telegram por volta das 22h30. Depois, a assessoria de Guedes informou que o ministro teve o celular clonado.

A assessoria informou ainda que mensagens originárias do celular do ministro devem ser desconsideradas.

É o segundo caso em dois dias envolvendo aparelhos de pessoas ligadas ao governo. No domingo (21), a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), também informou que o celular dela havia sido hackeado.

Hasselmann divulgou um vídeo em uma rede social no qual diz que teve o celular invadido e clonado. Segundo a deputada, a polícia já foi acionada para apurar o caso.

A deputada postou em seu perfil no Twitter um vídeo onde diz que seu celular foi clonado e que foram enviadas mensagens em seu nome para jornalistas, como Lauro Jardim, colunista do O Globo. “Assim como aconteceu com o celular do nosso ministro Sérgio Moro, o meu telefone foi clonado”, declarou.

“Há bandidos, farsantes, encaminhando mensagens em meu nome através do Telegram”, complementou. Hasselmann alega não usar o Telegram desde a campanha das eleições 2018 e conta que de madrugada recebeu uma ligação do jornalista mencionando as mensagens que teria recebido no aplicativo de mensagens. Ela mostra a tela de seu telefone no vídeo apontando para ligações que a deputada não saberia a procedência. Disse que já comunicou a Polícia, o ministro Sérgio Moro e o presidente Jair Bolsonaro. O jornalista Lauro Jardim ainda não se pronunciou sobre o caso.

Em junho, o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro, sofreu uma tentativa de invasão. Na ocasião, Moro atendeu a uma ligação feita pelo próprio número dele.

Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum