Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de outubro de 2018, 10h33

Paulo Guedes, guru de Bolsonaro, é investigado pelo MPF por fraudes em fundos de pensão

Guedes captou ao menos R$ 1 bilhão dessas entidades em seis anos. O economista é o escolhido para assumir o Ministério da Fazenda em um eventual governo Bolsonaro

Paulo Guedes, à esquerda. Foto: Facebook

O economista Paulo Guedes, guru de Jair Bolsonaro (PSL), é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) sob suspeita de se associar a executivos para praticar fraudes em negócios com fundos de pensão de estatais.

Guedes captou ao menos R$ 1 bilhão dessas entidades em seis anos. O economista é o escolhido para assumir o Ministério da Fazenda em um eventual governo Bolsonaro.

Foi instaurado um procedimento investigativo criminal no último dia 2 para apurar se o economista cometeu os crimes de gestão fraudulenta ou temerária. Ele é investigado ainda por suposta emissão e negociação de títulos sem lastros ou garantias ao negociar, obter e investir recursos de sete fundos.

Entre as entidades estão Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa) e Postalis (Correios), além do BNDESPar —braço de investimentos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

As transações foram feitas a partir de 2009. Para o MPF, há “relevantes indícios de que, entre fevereiro de 2009 e junho de 2013, diretores/gestores dos fundos de pensão e da sociedade por ações BNDESPar” se consorciaram “com o empresário Paulo Roberto Nunes Guedes, controlador do Grupo HSM”.

A intenção seria a de cometer “crimes de gestão fraudulenta ou temerária de instituições financeiras e emissão e negociação de títulos imobiliários sem lastros ou garantias”.

Com informações da Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum