O que o brasileiro pensa?
12 de fevereiro de 2020, 06h31

Paulo Guedes mente a governadores e diz que não chamou servidores de parasitas

"Minha mãe é funcionária pública, tenho primos, sobrinhos funcionários públicos. E de repente Paulo Guedes chamou… Eu não chamei!", disse Guedes em reunião tensa com 27 governadores

Paulo Guedes (Divulgação/Ministério da Economia)

Em reunião tensa com 27 governadores nesta terça-feira (11), o ministro da Economia, Paulo Guedes, negou que tenha chamado os servidores públicos de “parasitas” e tentou a todo custo justificar os ataques de Jair Bolsonaro aos mandatários estaduais, especialmente na guerra declarada para zerar impostos dos combustíveis.

“Imagina o problema que isso me criou? Minha mãe é funcionária pública, tenho primos, sobrinhos funcionários públicos. E de repente Paulo Guedes chamou… Eu não chamei!”, disse Guedes. A declaração do ministro, no entanto, foi feita na última sexta-feira (7) em palestra na Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV EPGE). “O hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”, disse na ocasião.

Na reunião, Guedes ainda bateu boca com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que chamou Jair Bolsonaro de irresponsável por propor o desafio sobre zerar impostos dos combustíveis.

Guedes, então, partiu para o ataque e disse a Ibaneis que ele não chamou o presidente de irresponsável quando pediu ajuda para dar aumento à PM.

Para tentar contornar a situação, Guedes fez um desabafo, dizendo que “a toda hora tem uma bomba” no governo.

Segundo a coluna Painel, na edição desta quarta-feira (12) da Folha de S.Paulo, Guedes não conseguiu dissipar o mal-estar entre Jair Bolsonaro e governadores, que esperam uma retratação pública do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum