Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
09 de abril de 2019, 17h18

Paulo Guedes, segundo Juca Kfouri, teria dito que Lula “não roubou um tostão”

Jornalista relata que, em reunião com presidentes de Tribunais de Contas estaduais, o ministro da Economia teria afirmado que o patrimônio de Lula "prova" que o ex-presidente "não roubou um tostão"; na semana passada, Guedes já havia elogiado o ex-presidente em audiência na Câmara

Reprodução

O jornalista Juca Kfouri noticiou em seu blog, na tarde desta quarta-feira (9), que o ministro da Economia, Paulo Guedes, teria afirmado que o ex-presidente Lula “não roubou um tostão”.

De acordo com Kfouri, a declaração foi dada em uma reunião de Guedes com presidentes de Tribunais de Contas estaduais.

“Estamos convencidos de que Lula não roubou um tostão. E seu patrimônio prova isso. Ele não teve foi quem o avisasse do que acontecia em torno de seu governo. Acabou vítima do jeito de fazer política no Brasil. Serve como exemplo”, teria afirmado o ministro.

Na mesma reunão, Guedes teria ainda adotado um tom catastrófico ao defender a reforma da Previdência.

Mereceu ganhar 

Na semana passada, durante audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Guedes elogiou o ex-presidente Lula. Na avaliação do ministro, o petista mereceu ganhar as duas eleições presidenciais que venceu, em 2002 e 2006, porque soube gastar pouco para alcançar um grande número de pessoas.

“Vários governos que passaram gastaram R$ 300 bilhões, R$ 400 bilhões por ano pagando juros da dívida sem tomar nenhuma medida para corrigir. E o Lula chegou e pegou R$ 10 bilhões só, e atingiu 40 milhões de família favoravelmente com o Bolsa Família. Isso é um impacto extraordinário. Mereceu ganhar uma eleição, duas eleições. Soube trabalhar. Com pouco dinheiro melhorou a vida de muitos brasileiros”, declarou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum