Por nomeação de executivo que trabalhou na gestão PT, Bolsonaro quer demitir Levy

Presidente do BNDES, e ex-ministro da fazendo no governo Dilma, é uma indicação de Paulo Guedes

O presidente da república não está nada satisfeito com o comandante do BNDES. Bolsanaro ameaça tirar Joaquim Levy do cargo, mesmo se esta não for a vontade do ministro da economia Paulo Guedes, que o nomeou para o cargo. O motivo seria a intenção de Levy de recolocar no banco um executivo que trabalhou lá em gestões do PT.

Marcos.Barbosa Pinto foi assessor do BNDES no governo durante o governo de Dilma Rousseff, no mesmo período em que Joaquim Levy foi ministro da fazenda. Ele retornaria à instituição financeira na posição de diretor de Mercado de Capitais do BNDES. Segundo Bolsonaro, o atual presodente do banco “está com a cabeça a prêmio há algum tempo”.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Eu já estou por aqui com o Levy. Falei pra ele demitir esse cara na segunda-feira ou eu demito você, sem passar pelo Paulo Guedes”, afirmou o presidente na tarde deste sábado (15), em Brasílila. “”Essa pessoa, o Levy, já vem há algum tempo não sendo aquilo que foi combinado e aquilo que ele conhece a meu respeito. “Governo é assim, não pode ter gente suspeita”, completou.

Outro presidente de órgão federal também foi ameaçado de demissão recentememte e a justificativa também passa pela aproximação com membros da oposição. O presidente dos Correios, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, garantiu a parlamentares da oposição que não haveria a privatização da empresa. Bolsonaro classificou a atitude de Cunha um comportamento de “sindicalista”.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR