Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
25 de junho de 2019, 10h21

Porta-voz de Bolsonaro é preterido pelo Alto Comando do Exército para se tornar general quatro estrelas

Este foi o segundo sinal de desprestígio enviado pelo ACE a Bolsonaro. Na semana passada, o general Marcos Antônio Amaro dos Santos, responsável pela segurança da ex-presidente Dilma Rousseff durante cinco anos, foi nomeado o novo comandante Militar do Sudeste

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, ficou de fora da promoção para se tornar general quatro estrelas em reunião realizada nesta segunda-feira (24) pelo Alto Comando do Exército (ACE).

Otávio concorria à promoção, mas não foi escolhido pelos demais membros.

Foram escolhidos o atual secretário-executivo do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Valério Stumpf Trindade, e Tomás Ribeiro Paiva, atual comandante da 5ª Divisão do Exército, em Curitiba. Este último foi chefe de Gabinete do ex-comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas, que hoje é assessor especial do GSI.

O ACE é composto por 16 generais quatro estrelas. As duas vagas ocupadas nesta segunda-feira foram abertas por conta das saídas dos generais Luiz Eduardo Ramos, que hoje chefia o Comando Militar do Sudeste, mas foi escolhido para ser ministro da Secretaria de Governo (Segov), e Mauro Cesar Lorena Cid, chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército.

Desprestígio de Bolsonaro no ACE

Este foi o segundo sinal de desprestígio enviado pelo ACE a Bolsonaro. Na semana passada, o general Marcos Antônio Amaro dos Santos, responsável pela segurança da ex-presidente Dilma Rousseff durante cinco anos, foi nomeado o novo comandante Militar do Sudeste. Amaro foi uma espécie de sombra de Dilma, primeiro na Secretaria de Segurança Presidencial e, depois, como ministro-Chefe da Casa Militar. Em 3 de julho, Amaro vai assumir o posto que pertencia a Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira.

O Alto Comando continua reunido e deve decidir sobre as promoções até a quinta-feira. A lista com todas as escolhas deve ser publicada até sexta. No documento, constará o destino de cada militar promovido.

Com informações do Globo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum