Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de julho de 2019, 07h31

Presidenta da Fenaj diz que Vaza Jato mostra “conluio” entre Moro e procuradores para condenar Lula

Diante das críticas de bolsonaristas, capitaneadas por Moro, contra as reportagens, Maria José Braga diz que o site de Glenn Greenwald faz jornalismo. "E o que é fazer jornalismo? É buscar informações de interesse público e reportar essas informações de interesse público para a sociedade"

Santos Lima, Dallagnol e Moro (Montagem)

Presidenta da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Maria José Braga, afirma que as reportagens divulgadas pelo site The Intercept mostram o “conluio” entre o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores da operação Lava Jato para condenar o ex-presidente Lula.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“No caso específico da Lava Jato e mais especificamente em relação à condenação do presidente Lula, sempre houve uma dúvida sobre a suspeição do juiz Sergio Moro e também dos procuradores encarregados da denúncia do Ministério Público, em razão da falta de provas concretas que havia, e mesmo sem provas concretas houve condenação”, comentou Maria José em entrevista ao site Sputniknews.

Diante das críticas de bolsonaristas, capitaneadas por Moro, contra as reportagens, ela diz que o site de Glenn Greenwald faz jornalismo.

“É importante salientar que o site The Intercept Brasil está fazendo jornalismo. E o que é fazer jornalismo? É buscar informações de interesse público e reportar essas informações de interesse público para a sociedade. O jornalista de qualquer veículo, ao ter conhecimento de uma informação importante para a vida nacional, para o debate público, a sua obrigação reportar essa informação para toda a sociedade”.

Segundo ela, a Fenaj e o Sindicato de Jornalistas do Estado do Rio de Janeiro também tomaram providências em relação às ameaças que Glenn e sua família vêm sofrendo após a divulgação das reportagens.

“A FENAJ, juntamente com o Sindicato de Jornalistas do Estado do Rio de Janeiro, [estado] onde o site The Intercept Brasil está baseado, já divulgou uma nota pública considerando muito graves as ameaças contra o jornalista Glenn Greenwald e à sua família, e essas ameaças constituem um atentado à liberdade de imprensa no Brasil. Todo cuidado das autoridades precisa ser tomado, elas precisam estar atentas para garantir a integridade física do jornalista e de seus familiares, e que ele possa continuar, junto com os seus colegas do site, prosseguindo com esse trabalho em prol da sociedade brasileira”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum