Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de julho de 2019, 20h51

Preso homem que atropelou agricultor do MST em Valinhos

O crime aconteceu quando militantes do Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra (MST) fecharam a via em protesto pela falta de abastecimento de água no acampamento Marielle Vive

Foto: Mídia Ninja

Ainda não foi identificado o homem que atropelou e matou Luiz Ferreira da Costa, de 72 anos, na manhã desta quinta-feira (18) em uma estrada na cidade de Valinhos-SP. O homem foi detido na delegacia da cidade no final da tarde e prestou depoimento. Em seguida, ficou detido.

O crime aconteceu quando militantes do Movimentos dos Trabalhadores Sem Terra (MST) fecharam a via em protesto pela falta de abastecimento de água no acampamento Marielle Vive. A manifestação era pacífica, com os agricultores distribuindo alimentos e panfletos para quem passava pelo local.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Indignado com o fechamento da estrada, o homem acelerou a caminhonete Mitsubishi L-200 contra o grupo, vitimando Luiz Ferreira. O motorista não prestou socorro à vítima e ainda ameaçou outras pessoas utilizando uma arma. No painel do carro havia uma bandeira do Brasil. Na delegacia, um dos irmãos do acusado afirmou que o familiar estava certo e deveria ter passado com um caminhão por cima dos manifestantes.

Veja também:  Após acordão, presidente do Paraguai derruba impeachment por caso de Itaipu, que envolve clã Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum