Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de janeiro de 2020, 16h07

PSB sobre a demissão de Roberto Alvim: “Ainda existem muitos nazistas”

O agora ex-secretário de Cultura do governo Bolsonaro foi demitido nesta sexta-feira após fazer discurso nazista adaptado

Jair Bolsonaro e o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim (Foto: Divulgação)

O PSB (Partido Socialista Brasileiro) publicou em seu perfil do Twitter, nesta sexta-feira (17), uma nota sobre a demissão de Roberto Alvim, ex-secretário da cultura do governo Bolsonaro que fez um pronunciamento baseado em um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels.

“Quantos nazistas continuam atuando e governando o Brasil? Certamente muitos!”, diz o tweet oficial do partido.

Nesta semana, Alvim também foi criticado por dizer que o documentário brasileiro Democracia em Vertigem, indicado ao Oscar, deveria estar na categoria de ficção.

Planejado

Em nota divulgada pouco antes de ser exonerado, Alvim afirmou que tudo não passou de coincidência, mas funcionários da Secretaria Especial de Cultura apontam que o ex-secretário sabia muito bem o que estava fazendo. “Ele chegou a dizer, rindo, que seria chamado de nazista por causa do vídeo. Foi o próprio Alvim que escolheu a música, inclusive”, disse um servidor ao colunista Robson Bonin, da Veja.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum