Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
24 de outubro de 2019, 21h26

Raquel Dodge sugere manobra para manter prisão em segunda instância

Ex-PGR deu declaração nesta quinta-feira (24) comentando julgamento do Supremo Tribunal Federal

Foto: Agência Brasil

A ex-Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, é favorável que se mantenha as prisões após julgamentos em 2ª instância. Para ela, mesmo que o Supremo Tribunal Federal (STF) decida mudar o entendimento sobre a questão, cabe ao Congresso mudar a Constituição para que sejam mantidas as detenções, numa clara tentativa de manobra em cima da Corte.

“Exigirá, talvez, do Parlamento, uma reflexão sobre se é necessário alterar alguma regra no sentido de estabelecer clareza quanto à possibilidade de prisão após condenação em segunda instância”, falou Dodge a jornalistas nesta quinta-feira (24), em São Paulo.

No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste: Ajude a Revista Fórum a mergulhar na realidade dessa grande tragédia

A ex-procuradora não quis comentar especificamente os casos dos ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nem o do ex-ministro José Dirceu, que podem ser beneficiados, caso o STF seja favorável a mudar o procedimento. Porém, Dodge lembra que é necessário aceitar o entendimento da Suprema Corte.

“A percepção da sociedade brasileira é de que as instituições precisam funcionar condizentemente. Creio que o STF está dizendo à população brasileira que essa é a regra vigente, devemos respeitar”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum